Pequena explicação

Faz algum tempo que comecei a escrever  esquetes, publicando-as aqui sob a categoria À cléf (um nome autoexplicativo). Os títulos remetem aos nomes dos arquivos de Notepad (ou programa semelhante) nos quais rascunho os textos antes da publicação. Por mais que às vezes exista uma insinuação de uma trama (e nada impede que tramas se formem), tais escritos não visam, pelo menos por agora, nada maior. A idéia é que bastem por si mesmos. São uma forma de treinar a mão, de poder mostrar alguma produção enquanto não há nada mais extenso, além de de gerar um repositório a partir do qual outros textos (contos propriamente, ou até formatos maiores) talvez possam ser escritos. A inspiração vem das silhouettes que Joyce teria escrito antes de Dubliners.

Porém, no impulso, comecei a publicar aqui partes de o que no futuro há de ser uma novela ou um romance (trata-se dos textos nos quais, até essa explicação, figuram os personagens Sérgio e Lúcia, sendo que vários outros ainda serão apresentados). Para não gerar confusão, esses, que em alguns casos se assemelham às esquetes, terão por título o nome do personagem seguido da numeração em números romanos (e, em alguns casos, acho que os títulos não vão ter os nomes dos personagens). A categoria deles, naturalmente, tem de ser também diferente, é a Esdrúxulo e Lúgubre, que é o título de trabalho dessa história em progresso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s