PRÓSPERO6.TXT

Um pouco depois de nos conhecermos, Próspero se apaixonou por Sosumi. Ela era um ano mais velha e estava dois semestres na frente de nós, o que era alguma coisa, dado o deslumbre inato aos calouros. De acordo com Próspero, a menina era um gênio, valoração que não mudou depois, quando por alto, em uma conversa relacionada a outro assunto qualquer, ela confessou ter lido um só livro de Nietszche, o Ecce Homo, por ser o mais curto (com sério agravante de se tratar de uma edição da horrível Martin Claret), com o único objetivo de poder lançar algumas frases sobre o autor, parecendo verdadeiramente conhecê-lo, em debates travados no ambiente (chato, phony as it gets) da faculdade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s