ISABELA3.TXT

— O problema dele — disse Isabela, fazendo um genuíno esforço para remover o sujeito do escopo das nossas conversas daquela noite — é que é daqueles que fabricam e defendem opiniões absurdas apenas para conseguir algum destaque, para aparentar alguma inteligência. E essas coisas, na maior parte das vezes, são imbecilidades entristecedoras… Construções, ahn, mal enjanbradas… Cuja refutação não dá prazer nennhum.

— …

— Eles mesmos — e então ela já havia abandonado a figura em questão, tratando agora de toda uma categoria de pessoas — nem acreditam nessas coisas… E, como nunca pararam para pensar honestamente sobre nada (porque as egotrips infinitas não permitem), nem sabem  exatamente no que acreditam, ou que verdadeiramente sentem. É gente embotada pela vaidade, da percepção embotada pela vaidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s